Resenha: A Esperança – Terceiro livro da Trilogia Jogos Vorazes

O que antes era dor e destruição, não chega nem aos pés da devastação que o livro A Esperança traz ao leitor de uma forma totalmente arrebatadora.

Nesse terceiro livro da Saga Jogos Vorazes, Katniss se vê enrolada em uma trama muito maior do que qualquer conspiração já vista. E ela terá de tomar decisões importantes que mudarão não só a sua vida, como a de todos que mais ama.

O livro está recheado de batalhas externas e internas que a protagonista terá de sobreviver se quiser mudar o rumo de sua existência e toda uma nação.

A autora Suzanne Collins aperfeiçoou o que vimos, até então, em Jogos Vorazes e Em Chamas, e criou um ambiente ainda mais caótico e assustador. O livro está cheio de aventura, carnificina, sangue, medo, intrigas, questionamentos e ideais. Como não podia ser diferente, a narrativa continua sendo eletrizante e cheia de reviravoltas.

O livro nos retrata um ambiente triste de uma guerra cruel e opressora em busca da liberdade.

“…  sinto a arena ao meu redor. É como se eu jamais houvesse saído dela, na realidade.”

Confesso que enrolei bastante para terminar de ler este terceiro e último livro da série Hunger Games, estendendo ao máximo o desfecho dessa saga que se tornou incrivelmente única dentre todas que eu já li.

Cada página percorrida foi um passo a mais em direção à saudade que eu sentirei dessa história e dos personagens Peeta, Katniss e Gale.

Não quero soltar spoilers, por isso não vou contar muito sobre os acontecimentos específicos desse livro.

Mas, o que eu posso garantir é que A Esperança não decepciona a legião de fãs dessa saga. E se pudesse definir o final do livro em uma única palavra, esta seria, REMANESCENTE.

Titulo Original: Hunger Games 3 – Mockingjay
Título Nacional: Jogos Vorazes 3 – A Esperança
Editora: Rocco
Autor: Suzanne Collins
Páginas: 424

{lang: 'pt-BR'}

Uma ideia sobre “Resenha: A Esperança – Terceiro livro da Trilogia Jogos Vorazes

  1. Ótimo resumo, expressou tudo que senti lendo o livro, fiquei triste e feliz ao mesmo tempo com o final dessa saga espetacular. E confesso que também enrolei bastante para ler o livro pois sabia que depois dali não teria mais nada, mas gostei muito da trama que Suzanne nos impôs. Impossível não amar Jogos Vorazes em toda sua trilogia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>