Frases de Livros: Winkie

“- Você controla a situação se entender que a existência mortal é um estado de autoilusão e não a realidade do ser.” (Winkie – pág: 52)

“O urso chorou ao se lembrar da cena, e sacudiu a cabeça como quem diz não. Não pelo fato de agora ser

prisioneiro, mas porque na época também era – cheio de esperança, porém, escravo dos caprichos alheios, silencioso e observador, confinado à calorosa família de Ruth, amado, com certeza, mas apenas como um brinquedo e só por algum tempo, sempre desejando mais, mesmo quando recebia atenção, nunca satisfeito, sempre sozinho e com medo de ser rejeitado, traído ou jogado fora” ( Winkie- pág: 100)

“Ah, se as crianças pudessem, criariam histórias bem diferentes para si mesmas!” (Frederic Tuten, Tintin in the New Word) – (Winkie pág: 141)

{lang: 'pt-BR'}

Frases de Livros: A Menina que Roubava Livros

“Como a maioria dos sofrimentos, esse começou com uma aparente felicidade.”

“Está aí uma coisa que nunca saberei nem compreenderei – do que os humanos são capazes.”

“Uma oportunidade conduz diretamente a outra.” (A Menina que Roubava Livros)

{lang: 'pt-BR'}

Frases de Livro: ‘Amanhã Você Vai Entender’

Veja logo abaixo lindas citações desse livro.

“Mamãe diz que todos nós temos um véu que nos separa do restante do mundo, como o que as noivas usam no dia do casamento. Só que esse é invisível no rosto. O mundo fica um pouco borrado, mas gostamos dele assim.

Às vezes, porém, nosso véu é tirado por alguns instantes, como se um vento o soprasse para longe. E quando ele levanta, podemos ver tudo como realmente é, por apenas aqueles poucos segundos antes que o véu volte ao seu lugar. Enxergamos toda a beleza, a crueldade, a tristeza e o amor. Mas, na maior parte do tempo, ficamos felizes por não vermos isso. Algumas pessoas aprendem a levantar seu véu sozinhas. Assim, não precisam mais depender do vento.” (Amanhã Você Vai Entender – Pág: 83)

“É simples amar alguém. Mas é difícil saber quando é preciso dizer isso em voz alta.”  (Amanhã Você Vai Entender – Pág:168)

“Às vezes é impossivel se sentir mais malvado do que no momento em que se deixa de sê-lo. É como se acender uma luz fizesse perceber quanto o cômodo estava escuro antes. E o modo como agimos normalmente e as coisas que costumamos fazer são como fantasmas que todos conseguem ver, mas fingem que não.” ( Amanhã Você Vai Entender – Pág: 163)

{lang: 'pt-BR'}